Foto: Beto Ricardo, 2002

Xingu

  • Outros nomes
  • Onde estão Quantos são

  • Família linguística

População

kisedje_13

A viabilidade de se ter a população do Parque para todas as etnias em um mesmo ano é recente, graças ao trabalho desenvolvido pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) na área de saúde, em convênio com a Funasa (Fundação Nacional da Saúde). No passado, os censos ou estimativas ficaram ao sabor do itinerário dos pesquisadores. Tendo em vista essas limitações, para se ter uma idéia da evolução demográfica do Alto Xingu foi elaborado o quadro abaixo, dividido em três colunas (sendo as duas primeiras referenciadas em pesquisa de Pedro Agostinho, 1972). Os primeiros dados remontam ao final do século XIX e estão presentes nos textos de Karl von den Steinen, mas dizem respeito a apenas alguns povos. Os números marcados com asteriscos indicam que foram obtidos por cálculo estimativo, supondo que as aldeias tivessem o mesmo número de casas e de moradores por casa.

A segunda coluna corresponde a estimativas de diferentes pesquisadores que estiveram na região em meados do século XX. Para o ano de 1954, quando uma epidemia de sarampo devastou a região, os dados indicam a população inicial, o número de mortes ocorridas naquele ano e a população restante. A coluna seguinte apresenta os dados de 2002 (baseada em levantamento da Unifesp), deflagrando a uma significativa recuperação demográfica.

 

Etnias Final do século XIX Meados do século XX 2002
Aweti 80* (1924)
27 (1947-8)
27 (1952)
31-8=23 (1954)
36 (1963)
138
Kalapalo   180-25=155 (1946)
150 (1948)
150-40=110 (1954)
100 (1963)
115 (1970)
417
Kamaiurá

216/264* (1887)

198/242* (1938)
110 (1948)
112-18=94 (1954)
115 (1963)
118 (1965)
119 (1969)
118 (1970)
355
Kuikuro  

140 (1948)
148 (1952)
145 (1954)
139-9=130 (1954)
118 (1963)
150 (1970)

415
Matipu   16 (1948)
27-9=18 (1954)
51 somados aos Nahukwá (1963)
119
Mehinako No máximo 308* (1887) 56 (1949)
68 (1962)
55 (1963)
78 (1970)
199
Nahukwá   18 ou 28 (1948)
17 (1953)
51 somados aos Matipu (1963)
105
Trumai

Mais de 43* (1884)

43 (1938)
18 ou 25 (1948)
21-2=19 (1954)
21 + dispersos (1963)
26 (1966)
25 (1970)

120
Wauja 171/228* (1887) 95/96 (1948)
78 (1954)
86 (1963)
321
Yawalapiti  

28 dispersos (1948)
12 + dispersos (1951)
25 (1954)
41 (1963)
41 (1965)
65 (1970)

208

Quanto às etnias que habitam mais ao norte do Parque, segue os dados populacionais de 2002 (também baseada no levantamento da Unifesp):

Etnias 2002
Ikpeng 319
Kaiabi 745
Yudjá 248
Suyá 334