De Povos Indígenas no Brasil

News

Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Rio Ouro Preto é criado no município

07/09/2021

Autor: Jaqueline Damaceno

Fonte: Rondônia Dinâmica - https://www.rondoniadinamica.com/



A reunião para deliberação do Conselho foi realizado com a participação de órgãos parceiros e a comunidade da reserva

Para garantir uma gestão mais eficiente e participativa, o Governo do Estado de Rondônia, por meio da Coordenadoria de Unidade de Conservação (CUC) da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), criou o Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Rio Ouro Preto, no município de Guajará-Mirim, na última semana. A reserva é mais uma das unidades biológicas voltada à pesquisa científica a ter um conselho com representantes de órgãos públicos e de organizações da sociedade civil.

Com base no decreto no 25.963, de 7 de abril de 2021, a Sedam e outros órgãos e instituições não governamentais formalizaram a criação do conselho que vai auxiliar nas ações de planejamento e na integração da unidade de conservação com as demais unidades e espaços territoriais especialmente protegidos e seu entorno.

Os Conselhos Consultivos e Deliberativos das UCs são uma exigência da Lei no 9.985, sancionada em 2000, que instituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (Snuc). Essa lei foi regulamentada em 2002 com o decreto 4.340/02, que define a competência do Conselho e do órgão gestor sobre a criação e funcionamento dos mesmos, que tem por objetivos oferecer transparência para a gestão da UC por meio de controle social; contribuir para a elaboração, aprovação e implantação do Plano de Manejo; e integrar a UC às comunidades, setor privado, instituições de pesquisa, ONGs, poder público, bem como às outras áreas protegidas situadas no entrono.

O processo de efetivação do Conselho da Reserva Biológica (Rebio) Ouro Preto se deu por meio de consulta e formalização aos órgãos governamentais e instituições da sociedade civil, que possuem relevância com a unidade, cumprem os preceitos ambientais e podem contribuir com o processo de gestão, monitoramento e construção de agendas positivas.

O capitão Wilson Juarez Perez, gerente regional de Gestão Ambiental do Erga/Sedam em Guajará-Mirim, participou do evento representando o secretário da Sedam, Marcilio Lopes, e destacou a importância do fortalecimento das instituições para que os objetivos de preservação e sustentabilidade sejam atingidos.

Albino Batista Gomes, chefe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) de Guajará -Mirim, destacou a importância da unidade para a preservação da diversidade biológica, dos recursos naturais existentes. "Por isso, não é permitida a presença humana, a menos que seja para pesquisa cientifica, pois é uma reserva apenas para estudo científicos".

Ele também ressaltou a importância dos Conselhos e das parcerias entre os órgãos gestores visando manter a integridade física da Unidade de Conservação (UC).

Os trabalhos de consulta, formalização, organização documental, mobilização, registro e condução da reunião visando a efetivação do Conselho Consultivo da Rebio Ouro Preto contou com o apoio da Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUC) e o coordenador Fábio França, que designou os servidores da Sedam para que realizassem a ação do conselho, os quais contaram com o apoio do Erga de Guajará-Mirim e do ICMBio.

Para subsidiar os conselheiros com informações, Celso Franco Damasceno fez um esboço da Legislação referente a Unidades de Conservação, ilustrou os conceitos de Conselho Consultivo e Conselho Deliberativo, dentre outros temas. Após apresentado o Regimento Interno e posteriormente a leitura e discussão de cada item, o documento foi aprovado por unanimidade pelos conselheiros presentes, que foram empossados durante o evento.

A reunião contou com a presença de órgãos e instituições não governamentais tais como: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro); Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semma); Fundação Nacional do Índio (Funai); Colônia de pescadores; Associação dos Extrativistas do Rio Pacaás Novos-Primavera; Associação dos Seringueiros do Rio Ouro Preto (ASROP); Conselho Nacional de Povos e Populações Tradicionais (CNS); ICMBio e comunitários moradores da Resex Federal Rio Ouro Preto.

https://www.rondoniadinamica.com/noticias/2021/09/conselho-consultivo-da-reserva-biologica-do-rio-ouro-preto-e-criado-no-municipio,112524.shtml
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source