News

Queimada destrói 39 mil hectares de vegetação no Parque Indígena do Xingu, em Mato Grosso

29/09/2017

Fonte: De Olho no Tempo - http://deolhonotempo.com.br



O fogo dizimou aproximadamente 39 mil hectares de vegetação dos biomas Amazônia e Cerrado, no Parque Indígena do Xingu, localizado no centro-norte do estado de Mato Grosso, nas últimas três semanas.

Nesta sexta-feira (29), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informou que pelo menos três regiões dentro da reserva ambiental totalizaram quase 90% dos focos de calor e que apesar do número elevado, o saldo final indicou uma redução de quase 20% em comparação com o mesmo período de 2016.

Índios ajudaram no combate às chamas, junto com homens do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso e funcionários da equipe PrevFogo, do Ibama. A aldeia da etnia Kalapalo, localizada no município de Gaúcha do Norte, por pouco não foi consumida pelas chamas.


Dados meteorológicos registrados


Satélites utilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectaram somente no mês de setembro, mais de mil focos de queimadas dentro do Parque Indígena do Xingu.

Grande parte dos focos ocorreu dentro do município de Gaúcha do Norte e em áreas onde houve remarcação de terras, em favor do índios. Autoridades acreditam que pessoas, inclusive do Movimento Sem-Terra (MST), que ocuparam o local e precisaram sair, teriam iniciado os focos, que se multiplicaram com o tempo seco.



http://deolhonotempo.com.br/index.php/nacional/8468-queimada-destroi-39-mil-hectares-de-vegetacao-no-parque-indigena-do-xingu-em-mato-grosso
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source

Related news