Noticias

Índios invadem sede de Dsei em MT contra exoneração de coordenadora

28/08/2017

Fonte: G1 g1.globo.com



Um grupo de índios da Terra Indígena do Xingu ocupam desde o último sábado (26) a sede do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) em Canarana, a 838 km de Cuiabá. Eles cobram a revogação de uma portaria que exonerou a então coordenadora da unidade, Alessandra Santos Abreu. Não há previsão para a desocupação do prédio, segundo os organizadores do movimento.

O G1 tentou, mas não conseguiu contato com a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Com faixas e cartazes, os indígenas carregam faixas e cartazes contra a indicação do novo nome para chefiar o Dsei Xingu.

"Os guerreiros não aceitam essa portaria. A antiga coordenadora foi uma indicação nossa, porque sabemos do trabalho dela. Não há prazo para o movimento acabar, mas vamos fazer barulho por aqui", afirmou Jefika Kayabi.

Como parte do protesto, o movimento indígenas encaminhou uma carta a deputados federais e ao ministro da Saúde, Ricardo Barros em forma de repúdio. No documento, os índios manifestam o descontentamento com a exoneração da servidora.

"Ressaltamos que não aceitamos a indicação feita por políticos, para estar a frente da coordenação do nosso Dsei, pois já sabemos que a mesma não está preparada para dar continuidade ao bom trabalho que vinha sendo feito", diz trecho do documento.

De acordo com os índios, a comunidade não foi ouvida para a escolha do nome e indicação da nova coordenadora atende a acordos políticos. Não há prazo que o protesto termine.





http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/indios-invadem-sede-de-dsei-em-mt-contra-exoneracao-de-coordenadora.ghtml
 

Las noticias publicadas en el sitio Povos Indígenas do Brasil (Pueblos Indígenas del Brasil) son investigadas en forma diaria a partir de fuentes diferentes y transcriptas tal cual se presentan en su canal de origen. El Instituto Socioambiental no se responsabiliza por las opiniones o errores publicados en esos textos. En el caso en el que Usted encuentre alguna inconsistencia en las noticias, por favor, póngase en contacto en forma directa con la fuente mencionada.

Noticisa relacionadas