From Indigenous Peoples in Brazil

News

História de matar índio e queimar floresta é exagero, diz Guedes, mas dados mostram queimada em alta

19/10/2020

Fonte: OESP - https://economia.estadao.com.br/noticias/geral



História de matar índio e queimar floresta é exagero, diz Guedes, mas dados mostram queimada em alta
Números mostram que número de focos de incêndio na Amazônia, apenas até o dia 18 deste mês, já é 54% superior a todo o mês de outubro do ano passado

Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo
19 de outubro de 2020 | 12h18
Atualizado 19 de outubro de 2020 | 13h32

BRASÍLIA - O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta segunda-feira, 19, que as críticas feitas ao governo brasileiro em relação à má gestão ambiental e ao aumento das queimadas são um exagero e uma narrativa dos "perdedores da eleição."

"Essa história de matar índios e queimar florestas é um exagero", afirmou durante participação do evento online US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos.

"A Amazônia não queimou em um ano e meio, se algo está errado foi pelos últimos 30 anos", disse o ministro. O governo Bolsonaro continua insistindo em minimizar o fogo, apesar do que revelam dados de satélite do próprio governo.

Conforme mostrou o Estadão, apesar de ter começado a chover em alguns locais da Amazônia, o bioma continua sofrendo fortemente com o fogo. Até o dia 18 deste mês já foram registrados 12.149 focos de incêndio, alta de 54% em relação ao observado em todo o mês de outubro do ano passado.

Paulo Guedes
O ministro Paulo Guedes minimizou as queimadas na Amazônia. Foto: Gabriela Biló/Estadão
Outubro do ano passado teve a menor número de focos do registro histórico para o mês, 7.855, resultado atribuído pelo governo federal pela ação das Forças Armadas na região, que assumiram a Operação Verde Brasil quando os incêndios tinham batido o recorde da década em agosto.

Neste ano, porém, os militares voltaram à região a partir de maio e têm tido pouco sucesso para conter o fogo. Os meses de junho e julho tiveram mais focos que os mesmos meses do ano passado. Agosto teve uma leve queda, mas em setembro as queimadas voltaram a explodir. Foram 32.017 focos no mês passado, ante 19.925 no mesmo mês de 2019. Alta de 60%, de acordo com dados compilados pelo Programa Queimadas, do Inpe.

Guedes destacou que as fronteiras brasileiras são extensas, mas que o governo tem feito o melhor para preservar a floresta, com a ajuda das Forças Armadas. Segundo o ministro, só quem não conhece o Brasil pensaria que os militares não protegeriam a floresta. "Preservamos os índios, demos 14% do território para menos de 0,5% da população."

Ainda no tema de sustentabilidade, o ministro também argumentou que o Brasil tem a matriz energética mais limpa do mundo. "Entendemos que temos papel importante em manter matriz de energia limpa."


https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,essa-historia-de-matar-indios-e-queimar-florestas-e-um-exagero-diz-guedes,70003480626
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source