From Indigenous Peoples in Brazil

News

MPF solicita providências para reprimir ameaças e violência contra defensores de direitos humanos em Anapu (PA)

13/12/2019

Fonte: Ministério Público Federal - http://www.mpf.mp.br



Procuradores da República iniciaram procedimento para acompanhar as investigações dos crimes e viabilizar proteção a lideranças ameaçadas.

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou procedimento para acompanhar investigações e solicitar providências às autoridades de segurança pública do Pará sobre a nova escalada de violência no município de Anapu, no oeste do Pará.

Para o MPF, o cenário atual no município evidencia a ocorrência de reiteradas "ameaças dirigidas a defensores de direitos humanos no campo". Em menos de uma semana, entre os dias 4 e 9 de dezembro, ocorreram dois assassinatos que podem estar ligados aos conflitos agrários históricos na região.

O MPF enviou documentos ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), responsável pelas investigações sobre os homicídios e à Secretaria de Segurança Pública do estado (Segup).

No documento enviado à Promotoria de Justiça em Anapu e à Promotoria de Justiça Agrária em Altamira o MPF pede informações sobre as investigações. À Segup, o MPF solicitou informações sobre as providências que estão sendo tomadas para prevenir e coibir a violência contra os moradores e lideranças dos lotes 96 e 97 da gleba Bacajá, onde se noticia pressão para expulsão de trabalhadores rurais.

A cidade onde a missionária Dorothy Stang foi assassinada em 2005 vive novamente sob forte tensão. De 2015 a 2018, foram contabilizados 16 homicídios, aos quais se somam os recentes assassinatos.

No último dia 4, o mototaxista Márcio Reis foi morto a facadas. A Comissão Pastoral da Terra (CPT) emitiu uma nota em que relaciona o crime às denúncias feitas por Márcio Reis sobre a grilagem de terras no município.

O enterro de Márcio Reis ocorreu sob forte comoção. O veículo funerário que levava seu corpo foi seguido por centenas de mototaxistas em uma manifestação por justiça para o caso, com a presença do ex-vereador Paulo Anacleto, recentemente eleito para a função de conselheiro tutelar do município.

Cinco dias depois da morte de Márcio Reis, Paulo Anacleto também foi assassinado, a tiros, próximo à praça central de Anapu, em frente ao filho de cinco anos de idade.

Embora a violência tenha ocorrido na área urbana de Anapu, há indícios de que a expulsão de trabalhadores rurais de áreas sob conflito agrário possa estar dentre as motivações dos crimes.



Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação
(91) 3299-0148 / 3299-0212
(91) 98403-9943 / 98402-2708
prpa-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/pa
www.twitter.com/MPF_PA
www.facebook.com/MPFederal
www.instagram.com/mpf_oficial
www.youtube.com/canalmpf





http://www.mpf.mp.br/pa/sala-de-imprensa/noticias-pa/mpf-solicita-providencias-para-reprimir-ameacas-e-violencia-contra-defensores-de-direitos-humanos-em-anapu-pa
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source