Noticias

Focos de calor atingem 15 áreas de conservação em MT

28/07/2010

Fonte: Expresso MT - http://www.expressomt.com.br



Os satélites monitorados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registraram focos de calor, nesta quarta-feira, em pelo menos 15 áreas de preservação em Mato Grosso. Os dados do Inpe apontam que Mato Grosso é o Estado com o maior número de focos de calor no país.

Os focos foram registrados em Unidades de Conservação do Estado e também em Terras Indígenas. As áreas atingidas são a Área de Preservação Ambiental (APA) das Cabeceiras do Rio Cuiabá, em Nova Brasilândia; APA dos Meandros do Rio Araguaia, em Cocalinho; Parque Nacional do Juruena, em Nova Bandeirantes; Terra Indígena (TI) Pequizal do Naruvôtu, em Gaúcha do Norte; Terra Indígena do Xingu, também em Gaúcha do Norte; TI Ubawawe, em Santo Antônio do Leste; TI Maraiwatsede, em Alto Boa Vista; TI Merure, em General Carneiro; TI Pimentel Barbosa, em Canarana; TI Pareci, em Tangará da Serra; TI Parabubure, em Campinápolis; TI São Marcos, em Barra do Garças; TI Urubu Branco, em Porto Alegre do Norte; TI Zoró, em Rondolândia; e TI Umutina, em Barra do Bugres.

Um estudo realizado pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) aponta um aumento no desmatamento em áreas indígenas e de conservação em Mato Grosso. Baseado em imagens obtidas no segundo semestre de 2009, o relatório 2010 do Programa de Monitoramento de Áreas Especiais (ProAE), aponta que 683 mil hectares já foram desmatados dentro dos 19 milhões de hectares de áreas especiais do Estado.

http://www.expressomt.com.br/noticia.asp?cod=82369&codDep=3
 

Las noticias publicadas en el sitio Povos Indígenas do Brasil (Pueblos Indígenas del Brasil) son investigadas en forma diaria a partir de fuentes diferentes y transcriptas tal cual se presentan en su canal de origen. El Instituto Socioambiental no se responsabiliza por las opiniones o errores publicados en esos textos. En el caso en el que Usted encuentre alguna inconsistencia en las noticias, por favor, póngase en contacto en forma directa con la fuente mencionada.

Noticisa relacionadas