Notícias

Reserva indígena é tema de novo filme nacional

06/07/2010

Autor: Francisco Russo

Fonte: Adoro Cinema - http://www.adorocinema.com/cinenews/reserva-indigena-e-tema-de-novo-filme-nacional-48



A proximidade de datas comemorativas é sempre um incentivo para a realização de produções cinematográficas. Chico Xavier, por exemplo, foi lançado no ano em que o famoso médium completaria um século de vida. Em 2011 quem comemorará uma data especial é o Parque Nacional do Xingu, a primeira terra indígena homologada pelo governo federal. E, para marcar os 50 anos de existência, sua origem será contada no próximo filme do diretor Cao Hamburger, de O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias.

As filmagens de Xingu começarão no próximo dia 20, com produção da O2 Filmes. No elenco foram escalados Felipe Camargo (Jogo Subterrâneo), João Miguel (Estômago) e Caio Blat (Batismo de Sangue), que interpretarão, respectivamente, os irmãos Orlando, Cláudio e Leonardo Villas Bôas. O trio participou da expedição Roncador-Xingu, na qual passou a defender a cultura dos índios.

Com locações nas cidades de Palmas e São Paulo, além do Parque Nacional do Xingu, a intenção é que o filme chegue às telas no ano que vem. O roteiro é do próprio diretor em parceria com Elena Soares (Casa de Areia), com colaboração de Anna Muylaert (É Proibido Fumar). Na equipe técnica estão ainda o diretor de fotografia Adriano Goldman (Cidade dos Homens), o diretor de arte Cássio Amarante (Abril Despedaçado), a figurinista Verônica Julian (Nina) e a maquiadora Anna Van Steen (Lula, o Filho do Brasil).

Os interessados em acompanhar o desenrolar da produção podem conferir as filmagens através do blog oficial, em http://xinguofilme.blogspot.com .
 

As notícias publicadas no site Povos Indígenas no Brasil são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos .Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.

Notícias relacionadas