News

Índio Karajá morre de cirrose. Cacique diz que alcoolismo continua sem controle

17/01/2011

Autor: Sandra Carvalho

Fonte: Expresso MT - http://www.expressomt.com.br/



O procurador da República no Estado de Tocantins, Álvaro Manzano é contra a proibição da venda de bebida alcoólica aos índios.

Quando da realização de seminário em São Félix do Araguaia (MT), em outubro passado, com a presença de autoridades e indígenas dos dois estados, Manzano foi contra o que ele chamou de discriminação e defendeu auto sustentabilidade das aldeias com apoio de toda a sociedade.

"Considerados cidadãos brasileiros com todos os direitos e deveres desde a promulgação da Constituição de 1988, os índios têm o direito de comprar bebida alcoólica, substância lícita e de acesso a qualquer pessoa maior de 18 anos. As situações problemas devem ser tratadas, com iniciativas como o seminário, mas a proibição da venda de álcool aos índios é uma opção altamente discriminatória e não deve ser cogitada", declarou à época o procurador.

Para Manzano, é necessário que os índios assumam o protagonismo de suas vidas, o que inclui a sustentabilidade das aldeias e também a capacidade de lidar com problemas como o abuso de álcool. "O que estamos fazendo é uma forma de contribuir para isso, sem discriminar", explicou o procurador.


http://www.expressomt.com.br/noticia.asp?cod=114730&codDep=3
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source