News

Índios fazem reféns em Belo Monte

26/07/2012

Fonte: O Globo, Economia, p. 27



Índios fazem reféns em Belo Monte
Três funcionários do consórcio são mantidos em aldeia. Funai negocia liberação

Danilo Fariello
danilo.fariello@bsb.oglobo.com.br

BRASÍLIA. Três funcionários do consórcio Norte Energia, responsável pela usina hidrelétrica de Belo Monte, são mantidos reféns desde terça-feira por representantes indígenas na aldeia Muratu, no Pará. São dois engenheiros e um analista ambiental do grupo, que foram até o local para explicar aos índios das etnias Juruna e Arara os impactos da obra e da transposição do rio Xingu às comunidades afetadas.
Depois de Muratu, os funcionários da Norte Energia iriam ainda para outras quatro aldeias para apresentar o projeto- .Até o início da noite de ontem eles permaneciam detidos na aldeia.
O Instituto Socioambiental (ISA), que mantém contato com os índios da região, divulgou ontem em nota que os funcionários da Norte Energia foram "apresentar o mecanismo de transposição de embarcações que deveria funcionar desde o início da construção da usina de Belo Monte, no Rio Xingu, para garantir o acesso fluvial à cidade de Altamira (PA) dos indígenas e de ribeirinhos que moram na Volta Grande do Xingu".
A Fundação Nacional do Índio (Funai) está coordenando as negociações para libertar os funcionários. De acordo com o ISA, para liberar os reféns, os índios pedem a suspensão das reuniões sobre o mecanismo de transposição do rio Xingu, um compromisso de que o barramento do rio será interrompido enquanto não houver clareza sobre a transposição e o cumprimento das condicionantes pendentes, conclusão do sistema de abastecimento de água das aldeias, entre outros pedidos.

O Globo, 26/07/2012, Economia, p. 27
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source

Related news