News

Acre registra 14 casos de gripe H1N1 entre indígenas e antecipa vacinação

10/04/2012

Autor: Altino Machado

Fonte: Blog da Amazônia - http://terramagazine.terra.com.br/



O Instituto Evandro Chagas (IEC), de Belém (PA), analisou 31 amostras coletadas na aldeia Nova Grota, no município de Feijó (AC), e confirmou 14 casos de gripe H1N1 entre indígenas da etnia kaxinawá. A gripe H1N1, ou influenza A, é provocada pelo vírus H1N1 da influenza do tipo A.

Por causa dos casos de gripe H1N1 entre os indígenas, o Ministério da Saúde decidiu antecipar, no Acre, a campanha nacional de vacinação contra a gripe sazonal ou gripe comum, marcada para ocorrer entre os dias 5 e 25 de maio.

A vacina utiliza as três cepas de vírus que mais circularam no país no ano anterior e, de acordo com o Ministério da Saúde, imuniza também contra a influenza A (H1N1).

A Vigilância Epidemiológica do Acre aguarda o envio dos primeiros lotes de vacina contra H1N1 pelo Ministério a Saúde.

- A vacina será encaminhada para o Acre e Amazonas, sendo que o Acre tem prioridade por conta do surto de gripe H1N1. Assim que recebermos, vamos antecipar a campanha de vacinação de indígenas por conta dessa positividade de casos - disse a gerente da Vigilância Epidemiológica em Saúde, Izanelda Magalhães.

A situação é criticada duramente pelo coordenador do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) na Amazônia Ocidental, Lindomar Padilha.

- A constatação de casos de gripe H1N1 entre os índios expõe, mais uma vez, a fragilidade e o abandono da saúde indígena no Acre. Abandono e descaso. Recentemente, na região do Purus, também no Acre, 22 crianças morreram de, pasmem, diarréia - afirmou Padilha.

A gripe H1N1 decorre da combinação de segmentos genéticos do vírus humano da gripe, do vírus da gripe aviária e do vírus da gripe suína, que infectaram porcos simultaneamente.

O novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a principal forma de transmissão não é pelo ar, mas pelo contato com superfícies contaminadas.

Os sintomas da influenza A (H1N1) e da gripe comum são muito parecidos e se confundem: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza.



http://terramagazine.terra.com.br/blogdaamazonia/blog/2012/04/10/acre-registra-14-casos-de-gripe-h1n1-entre-indigenas-e-antecipa-vacinacao/
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source

Related news