Noticias

Estado assina contrato para regularização de associações indígenas

03/01/2012

Fonte: Governo Bahia - http://www.comunicacao.ba.gov.br



Um contrato de Prestação de Serviços entre a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e a Associação de Mulheres em Ação será assinado nesta quarta-feira (4) para execução do projeto de Incentivo à Regularização Institucional de Associações Comunitárias Indígenas.

A cerimônia da assinatura do contrato será às 11h, na sede da SJCDH, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, e terá a presença do secretário Almiro Sena, de lideranças indígenas e de representantes de órgãos do estado e da federação.

Oitenta e nove associações comunitárias indígenas serão regularizadas em um processo que permitirá melhor estruturação das entidades, a fim de prepará-las para exercer atividades que promovam melhoria da qualidade de vida nas comunidades indígenas.


Aprimoramento

A iniciativa é uma das metas assumidas pelo Governo do Estado no Plano de Trabalho Operativo (PTO) e visa disponibilizar ferramentas à população indígena para aprimoramento do nível de intervenção nas associações dessas comunidades, adequando os estatutos das entidades à atual legislação civil, além de registros em cartórios e regularização contábil e fiscal.

Esses procedimentos visam estruturar as comunidades, que passarão a gerir suas práticas sociais e de negócios comunitários, tornando-se aptas a serem beneficiadas por projetos sociais. Com a iniciativa, serão beneficiados os povos Pataxó Hãhãhãe, Tupinambá, Pataxó, Kiriri, Kantaruré, Pankararé, Tumbalalá, Tuxa, Kaimbé, Xucuru-Kariri, Pankaru, Payayá e Kariri-Xokó/Fulni-o.



http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2012/01/03/estado-assina-contrato-para-regularizacao-de-associacoes-indigenas
 

Las noticias publicadas en el sitio Povos Indígenas do Brasil (Pueblos Indígenas del Brasil) son investigadas en forma diaria a partir de fuentes diferentes y transcriptas tal cual se presentan en su canal de origen. El Instituto Socioambiental no se responsabiliza por las opiniones o errores publicados en esos textos. En el caso en el que Usted encuentre alguna inconsistencia en las noticias, por favor, póngase en contacto en forma directa con la fuente mencionada.

Noticisa relacionadas